Viajar com Namorado pela Primeira Vez: dicas sinceras

  • Viajar com Namorado
    Dicas sinceras me interessam! (foto de divulgação - por @juanedc em Flickr)

Vai viajar com namorado pela primeira vez? Aqui vão 5 dicas fúteis, mas sinceras para você. Eu te conto tudo

Acordei pensando na primeira viagem que fiz apaixonada. Lembrando do nervoso; na preparação e do quanto foi importante ver tudo sair diferente do que esperava.

Pensei: o que diria para alguém que estivesse indo fazer uma viagem com o namorado pela primeira vez? Foi aí que tive a ideia de fazer uma enquete com as minhas amigas para ver qual seria a percepção delas sobre este momento.

No início, veio aquela resposta padrão: “seja você mesma”.

O problema é que a gente sabe que isso não significa nem ajuda muito. Mas eu conheço minhas pessoas. Eu tinha certeza que se insistisse viriam dicas boas. Foram muitas risadas, aconselho você repetir essa enquete com seus pares. Eu selecionei apenas as cinco dicas que gostei mais. Aí vão elas:

Viajar com o namorado

Test Drive
– nada de começar com uma viagem para Europa por 20 dias. Isso tem um alto potencial para traumatizar qualquer casal. Vai que a pessoa é insuportável no convívio intenso. O que você vai fazer? Vai ter que arranjar outro hotel e rever toda a parte burocrática da viagem enquanto ela está acontecendo. Aí que horror! Viagens para lugares de até 2 horas de distância é o ideal.

Sexo x Cidade
– é quase uma matemática secreta para viagem. Quanto mais sexo você pretende fazer menos vida urbana o seu destino deve ter. Essa foi uma unanimidade na enquete. E ainda tem essas cidades que enganam, não é? Como Paris, por exemplo. A cidade pode ser do amor, mas com poucos dias para estar por ali, garanto que isso não vai estar no topo da sua lista de prioridades. Conclusão: se você está em uma fase do seu relacionamento estilo romantismo extreme, o ideal são praias ou chalés no campo.

Liberte o Dragão
– não consigo acreditar que existam pessoas que façam isso, mas me garantiram que existe por aí quem antes do seu amor acordar corre no banheiro para se arrumar. Pessoas?! Se vocês querem sentimento verdadeiro e genuíno tem que mostrar o pacote completo. O lado montado e o lado desmontado. Tem que ter tudo, cabelo bagunçado, olheira etc. Para com isso, porque esse tipo de atitude não faz bem para você antes de tudo. Coragem e vulnerabilidade andam juntas. Tenha coragem de mostrar seu lado mais vulnerável e dragão! Encare como uma etapa do test drive.

Qual é a Música?
– achei essa dica sensacional. Se você vai dividir um quarto com uma pessoa tão querida é bom combinar alguma maneira de resguardar aquele momento de privacidade sanitária, certo? Então, uma boa solução para diminuir o estresse nessa ocasião é já deixar combinado o seguinte recurso: quando alguém precisar deste momento de privacidade é só ligar o rádio, ipod ou sei lá o quê. Assim, a música vira um código e um meio para ocultar os tão temidos barulhos.

Ele não me alimenta
– essa frase virou um bordão depois que uma amiga saiu com uma pessoa que não gostava de sentar para comer. Eu não quero dizer que ninguém tenha que pagar os gastos de ninguém, apenas que, se for uma viagem longa, é sempre bom definir o orçamento diário. Quanto vocês irão gastar com alimentação, com saídas etc. Também é bom deixar claro desde o início quais são suas prioridades na viagem, comer, beber, sair para turistar etc. Desse modo, você evita raivinhas e desentendimentos.

———————-

E aí, gostou das dicas?
Então, para que sua próxima viagem seja realmente incrível, que tal investir em algo personalizado como um roteiro sob medida feito pelo Raphinadas? Basta entrar em contato comigo, por aqui , e a gente já pode começar a planejar! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *