Lisboa na Mesa: “Santa Clara dos Cogumelos”, como na casa de um amigo gourmet

  • Restaurante Santa Clara dos Cogumelos: queremos voltar muitas vezes!
  • Cogumelos panados, agáricus panados com molho de yogurt e açafrão
  • Queijo de cabra do produtor “granja do moinho” em uma fina camada de massa filo com chutney de cogumelos, figos e gengibre
  • La tagliata! (#yummy)
  • Magret de pato fumado a frio com risotto porcini al salto e molho de laranja
  • Ravióli de cogumelos com requeijão e molho de trompetas
  • Sobremesa: a “Perdição de Santa Clara”
  • Móvel antigo com vitrola e a coleção de vinil afetiva

English version in the end of this post.

Raphaella Perlingeiro e Bruno Moreira-Leite

Seria um pecado dizer que este restaurante serve apenas para os fanáticos por cogumelos, pois é sobretudo um lugar para os que gostam de comida boa. Ambiente charmoso, com vista para o Tejo, do tipo que faz a gente se sentir na casa de um amigo gourmet. Ali você encontrará uma equipe criativa, uma coleção de vinil excepcional, muitas referências ao amor pelos cogumelos e as pinturas – feitas pela mulher do proprietário – que dão um charme único ao local.

Nós chegamos junto com uma enorme lua laranja iluminando o Tejo, prenúncio de uma ótima experiência. A recepção do dono, Luigi Pintarelli, confirmou a intuição. Ele foi de uma gentileza e suavidade que pouco se vê nesta vida.

A noite correu toda muito calma e agradável. Foi irresistível se sentir a vontade no Santa Clara. Em pouco tempo já nos pegamos com uma vontade de olhar a coleção de vinil, de reparar nos quadros e nos livros. A tudo isso junte os cheiros que vinham da cozinha, dando uma graça especial a ocasião. Vai dizer que casa de amigo gourmet não foi realmente uma boa definição?

Entradas

As entradas se mostraram perfeitas para partilhar, acompanhadas de um bom vinho. Todas foram muito bem executadas, com sabor claro e definido. A Raphaella gostou particularmente da La Tagliata: um lombo de novilho deliosamente mal-passado com porcini frescos salteados na manteiga de porcini. Já o Bruno preferiu o queijo de cabra do produtor “granja do moinho”, envolto em uma fina camada de massa filo com chutney de cogumelos, figos e gengibre. Além disso, experimentamos os cogumelos panados, agáricus panados com molho de yogurt e açafrão.

Principal

Nós pedimos ravióli de cogumelos com requeijão e molho de trompetas e um magret de pato fumado a frio com risotto porcini al salto e molho de laranja.

A estrela certamente foi o pato, e o senhor Luigi nos contou que as carnes são defumadas na própria casa – o que deixou tudo mais interessante.

Sobremesa

Todas sobremesas carregam a marca registrada da casa, um toque de cogumelos. Mas não se assuste, tudo funciona muito bem. Acredite em nós.

A nossa escolha foi pelo “Perdição de Santa Clara”, um brownie de chocolate servido com gelato de champignon boletus edulis. Quem diria que cogumelos na sobremesa poderiam harmonizar tão bem? Se tiver a oportunidade, prove.

Localização

O restaurante fica no Mercado de Santa Clara, onde acontece a Feira da Ladra nas terças e sábados. Nosso conselho é visitá-lo para um jantar durante a semana, quando o ambiente fica mais tranquilo e aconchegante.

Ponto Alto: La tagliata e o queijos de cabra em massa filo
Ponto Baixo: o raviole de cogumelo (a massa podia estar um pouco mais leve, mas nada demais)
Curiosidade: em duas semanas a casa estará servindo cerveja com notas de cogumelo fabricada na casa.

Santa Clara dos Cogumelos

Endereço: Mercado de Santa Clara, Campo de Santa Clara 7-1a
Telefone: 35 1 218870661
Custo: +/- 25 euros (uma refeição completa por pessoas 2015)
Horário: terça- sexta 19h30-23h sab. 12h-15h30 e 19h30-23h

Esta experiência foi apoiada pelo Restaurante Santa Clara dos Cogumelos em Lisboa.

—————–

Lisbon is served: Santa Clara dos Cogumelos – like being in the home of a gourmand friend.

Raphaella Perlingeiro and Bruno Moreira-Leite

It would be a sin to say that this restaurant is only for the mushroom fanatics because, above all, it is a place for all who appreciate good food. The charming environment, looking at the Tejo, makes us feel as if we were visiting a gourmand friend. There you’ll find a creative and passionate team, as well as an exceptional vinyl record collection, lots of references to the love for mushrooms and fine paintings (made by the owner’s wife), all of which provide a special charm to the place.

We arrived with a big orange moon lighting up the Tejo, the prelude of a great experience. The welcoming we got from the owner, Luigi Pintarelli, confirmed our intuition. He was gentle and kind in a manner that you just don’t see anymore these days. The night was calm and pleasant. Being comfortable at the Santa Clara is almost irresistible and within moments we were already about to check out the record collection, books and pictures. To that you can add the smell coming from the kitchen, which gave a special touch to the occasion.

Can you say that a “gourmand friend’s home” is not a good description?

Starters

The starters proved to be perfect for sharing with a group of friends, naturally sided by a good wine. All were well prepared, with distinctive flavors. La Tagliata was Raphaella’s favorite: A veal loin, deliciously rare with fresh porcini mushrooms sautéed in porcini butter. For Bruno, the best was the goat cheese from “Granja do Moinho”, wrapped in a thin filo pastry layer with mushrooms, figs and ginger chutney.

We also tried the cogumelos panados, breaded agaric mushrooms with a yogurt and saffron sauce.

Main Course

We ordered the mushroom ravioli (with cream cheese and trumpets sauce) and the pato do fumeiro, a cold smoked duck magret with porcini risotto al salto and orange sauce.
The star of the evening was obviously the duck and Mr. Luigi told us that all meats are smoked in the restaurant – which made everything more interesting.

Desert

All deserts carry the brand of the house – a touch of mushrooms. Don’t be scared, it works very well. Our choice was the “Perdição de Santa Clara” (something like Saint Claire’s “ruin”), a chocolate brownie served with boletus edulis ice cream. Who could tell that mushrooms could make such a good desert? If you have the chance, try it.

Location

The restaurant is located in the Mercado de Santa Clara, a marketplace where the Feira da Ladra happens every Tuesdays and Saturdays. Our advice is to go for a dinner during the week, when the place is more quiet and cozy.

High: La Tagliata and the goat cheese
Low: The mushroom ravioli (the dough could be a little lighter, but no big deal)
Interesting: In two weeks the restaurant will be serving its own beer – with a touch of mushrooms!

Santa Clara dos Cogumelos

Address: Mercado de Santa Clara, Campo de Santa Clara 7-1a
Phone: 35 1 218870661
Cost: +/- 25 Euros (a full meal for two)
Hours: Tue – Fri 19:30-23h / Sat 12h-15:30 and 19:30-23h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *