Ring of Kerry: rota cênica pela Irlanda do Sul

  • Um passeio de carro com paisagens deslumbrantes!
  • Percurso oficial do Ring of Kerry
  • Mansão MunckRoss
  • Castelo Ross - cenário saído do “Senhor dos Anéis”.
  • Perto do Castelo Ross - clima idílico
Up: a paisagem
Down: percurso deve ser feito no sentido anti-horário
Categoria Pessoal: tirar o peso da vida
Para entrar no clima: Paddy’s Green Shamrock Shore – The High Kings (Eles acham essa versão um pouco fancy demais, mas eu adoro!)

 

Quando a vida pesa demais nada melhor do que ter o privilégio de fazer uma viagem inesquecível e jogar todos os problemas pelo caminho. 

 

O Ring of Kerry é um destino perfeito para este caso. Em cada parada a gente se sente um pouco mais leve e relaxado, completamente contagiado pelo clima “rústico/campestre/ébrio/brincalhão” dos irlandeses. Se você nunca foi a Irlanda, mas tem o objetivo de rodar o país (Irlanda do Sul) de carro, pode ficar um pouco em dúvida sobre quais regiões visitar e sobre quanto reservar para cada destino. Comece com o Ring of Kerry. O ideal é separar 2 dias para o percurso. Você vai querer para tirar fotos e desfrutar das paisagens, do momento. Fazer isso correndo seria uma tortura.

 

O lugar é um absurdo! Ele certamente está no topo da lista para conhecer na Irlanda do Sul. As paisagens mais parecem um cenário saído do “Senhor dos Anéis”, com vários condados, cheios de possíveis hobbits fazendo seis refeições ao dia. Digam o que quiserem, não existe verde como o daqueles campos. Com relação às praias, muitas não têm areia, e sim pedras, o que deixa tudo mais lindo e exótico. Em cada lugar, um mesmo pensamento: “preciso de uma semana para admirar, no mínimo”.

 

Nós fizemos o percurso oficial e de carro. Existe a opção de fazê-lo de bicicleta, o que levaria 4 dias. Pode ser interessante, se você tiver disposição e estiver em clima de viagem mais punk, roots (digamos assim). Tem também a opção de se fazer um day trip de ônibus, mas essa opção não recomendo, porque você provavelmente ficará preso ao roteiro da empresa de turismo, terá que aguentar pessoas não necessariamente simpáticas, sem contar que um dia não dá nem para começar a aproveitar!

 

Dicas Práticas
 
Carro: Aconselho, sinceramente, que se supere o medo de dirigir na mão inglesa e que se alugue um carro. Pode-se fazer isso a partir de Kerry (15 minutos de carro até Killarney) ou até a partir de Dublin se estiver, como nós, rodando o país todo. O Ireland Car Rental é um site para alugar carros.
Base: outra dica importante é fazer da cidade de Killarney um ponto de partida ou acampamento. Sugiro uma estadia de 4 dias no mínimo na cidade. Dois dias para o Ring of Kerry, dois dias para o Parque Nacional e Killarney (cidade).
Atrações: o site de turismo do Ring of Kerry disponibiliza também uma lista das atrações durante  percurso.Você pode fazer uma seleção do que for mais interessante e partir para o abraço! 
Hotel: como dica de hotel, recomendaria o Fairview Guesthouse. Ele tem uma localização ótima para se conhecer a cidade a pé. Servem um café da manhã irlandês típico. Uma delícia. Os quartos são um absurdo, e o preço é ótimo. Eles também tem um estacionamento privado em frente ao hotel, bem útil para quem optar por alugar um carro.

3 comentários

  1. Paula disse:

    Raphaela,
    Parabéns pelo blog. Mal posso esperar para fazer esse passeio.
    Uma dúvida, estou lendo bastante em fazer o percurso antihorário, vc recomenda até mesmo fora da alta temporada? Onde posso encontrar esse roteiro?

    Obrigada.
    Abçs
    Paula

  2. Oi Raphaella,
    Não conhecia seu blog e adorei! Pelo que vi, já fizemos várias viagens parecidas.
    Tbm fiz o Ring of Kerry e amei de paixão. Tive que fazer naquele esquema corrido de só um dia, mas mesmo assim deu para ver bem!.

    Deixo aqui o link para o meu post caso você fique curiosa: http://ideiasnamala.com/2014/04/14/irlanda-ring-of-kerry/

    E vamos nos falando!
    Abraços viajantes,
    Mari Vidigal

    1. Raphaella Perlingeiro disse:

      Mari,
      Fico feliz que esteja gostando. Eu também visitei seu blog. Uma graça!
      Vamos nos falando, certamente!
      Bjs
      Rapha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *