3 Livrarias para Mergulhar na Cultura Francesa em Paris: um passeio a pé

  • Livraria Compagnie: a minha preferida (foto de divulgação)
  • Mapa com as livrarias Gibert Joseph na região do Saint Michel/ Museu Cluny (Quartier Latin).
  • Livraria Gibert Joseph é uma instituição no Quartier Latin.

... e um conselho para quem tem vontade de se arriscar com a língua francesa.

Estou imaginando que você está em Paris, epicentro da cultura francesa. Também estou pensando que você é do tipo que gosta de comprar livros, mesmo que não os leia imediatamente. Que adora o ambiente das livrarias. Gosta de folhear livros e de descobrir coisas novas todo dia. Combinado?

Pois bem. Sempre que vejo uma lista de livrarias em Paris invariavelmente a Shakespeare and Co. aparece. Outra coisa que reparo é uma preocupação excessiva em mostrar endereços que tenham livros em inglês – o que entendo perfeitamente. O inglês é a língua do turismo. Fato.

Mas por que você não iria querer se arriscar a conhecer essa cultura de uma maneira mais ousada? Sério, o que você está fazendo indo só em livrarias com livros inglês “em Paris”? Só porque ainda não domina a língua francesa? Pare de bobagens, e se arrisque!

Música perfeita para entrar no clima!

Tudo começa com um olhar.

Se exponha a língua que quer aprender! Se arrisque a entrar naquela livraria interessante que te dá uma vontade de sair correndo de medo porque terá que falar com a vendedora.

Se permita olhar os títulos sem entender nada. Folheie. Quem sabe você não encontra algo familiar, estranho ou curioso? Vá até sua sessão preferida. A minha é a de viagem, óbvio. Qual é a sua?

Procure por livros divertidos. Isso faz bem para tudo. Fique ali, viajando. Coisas acontecerão no seu coração.

————————–

Estas são as minhas sugestões de livrarias para você se arriscar com essa intenção. Elas ficam razoavelmente próximas uma das outras, então é possível conhecê-las a pé.

É totalmente afetiva, então sinta-se livre para deixar opiniões e palpites.
Eu gosto, vocês sabem. 😉

1) Librarie Compagie – fica entre a Sorbonne e o museu Cluny, no coração do Quartier Latin. A minha preferida em toda cidade. Quando você olha de fora acha que é pequena, mas não se engane. Ela tem várias salas conectadas. É uma livraria silenciosa e agradável, com uma seleção delicada e consistente em literatura francesa, estrangeira e ciências humanas. Os atendentes são discretos, pacientes e oferecem boas orientações. Você pode passar horas sem se ser incomodado, o que é realmente maravilhoso.

Endereço: 58 Rue des Écoles, 75005, Paris
Telefone: 33 1 43 26 45 36
Horário: seg. a sab. 10h-20h15
Metrô: Cluny-La Sorbonne (linha 10); Odéon (linha 10 e 4)

2) Gibert Joseph da Saint Michel – existem várias Gibert Joseph. Tome cuidado com esse detalhe. Essa livraria é uma verdadeira instituição no Quartier Latin. Só para ter uma ideia, nesta região existem 6 endereços (com venda de CDs, DVDs, papelaria, livros usado e novos).

Eu separei a minha preferida (número 26 do Boulevard Saint Michel). Não é uma livraria bonita, mas aqui você encontra de tudo; do Harry Potter em Grego até livros de culinária excêntricos. São muitos andares, com muitas sessões para se perder durante horas. Tem para todos os gostos.

O melhor de tudo é que a sessão dedicada à aprendizagem da língua francesa é realmente genial. Pode explorar que vale!

Endereço: 26 Boulevard Saint-Michel, 75006, Paris
Telefone: 33 1 44 41 88 88
Horário: seg. a sab. 10h-20h15 Dom fechada
Metrô: Cluny-La Sorbonne (linha 10); Odéon (linha 10 e 4)

3) L’Écumes du Pages – do lado do Café des Flore. É perfeita para os notívagos, pois fica aberta até tarde (meia-noite). Ela também abre nos domingos, o que é uma vantagem e tanto. É um lugar gostoso, com um ar levemente moderno, mas confortável. Tem uma pequena sessão de papelaria fofa. Eu não aconselho interagir com os atendentes, eles são um pouco temperamentais, mas vá pela livraria em si. São 40.000 títulos em um acervo bem diversificado.

Endereço: 174 Boulevard Saint-Germain, 75006, Paris
Telefone: 33 1 45 48 54 48
Horário: seg. a sab. 10h-00h e Dom 10h-23h
Metrô: Saint-Germain-des-Prés (linha 4) Mabillon (linha 10) e Sèvres-Babylone (linha 10 e 12)

————————

Gostou da seleção?
Então, para que sua próxima viagem seja realmente incrível, que tal investir em algo mais personalizado como um roteiro sob medida feito pelo Raphinadas? Basta entrar em contato comigo, por aqui , e a gente já pode começar a planejar! 

Um comentário

  1. Viviane da Costa disse:

    Amei essas dicas. Pena que eu não sabia delas há um ano. Mesmo sem saber nada de francês, teria ido conhecer, adorei as descrições que você colocou aqui. E achei bem curioso o excesso de livros em inglês na Shakespeare & Co., para falar a verdade. Não que eu esperasse algo menos comercial, mas eu tinha a esperança de um pouquinho de romantismo para além do lugar em si, que é o charme da vida.

    Ah, adorei a música! Combinou muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *