Espaço Caverna: comida com “C” maiúsculo

  • Meu novo caso de amor é o Espaço Caverna
  • Bar descolado, atendimento de primeira
  • Drink Evita: meu preferido
  • Caverna visto de fora

O Caverna é pacote completo. Meu novo caso de amor. Minha paixão canalha com coração mole e um quê de cosmopolita. Ele é tatuado e sabe se vestir. Gosta de Tarantino, mas também se amarra em um cinema francês. No seu Ipod, a playlist não podia ser mais viciante (Rock and Roll com qualidade) e, o melhor de tudo, ele cozinha para mim, e muito, muito bem!

Para entrar no clima!

Está certo, o Caverna não é uma pessoa, mas é um lugar especial e único no Rio de Janeiro.

Pacote completo

Até julho de 2014, quando o carioca queria escutar rock não encontrava esse pacote completo – ambiente, música e comida boa -, mas isso é pretérito, agora a gente tem o Caverna!

O gastrobar fica em Botafogo, ali na área do Bukowski. É um lugar pequeno, escondido numa rua residencial. Amor de verdade é difícil de encontrar, gente! E ele veio para ficar. A decoração transpira rock (tem até uma super máquina de flipper com vários jogos), gosto por cinema, arte e a trilha sonora é apaixonante.

Te amo porque você me alimenta

Para mim, a comida é o ponto alto. Já pensei em umas 20 pessoas que preciso levar para provar o hambúrguer de carne com queijo brie, maionese de baunilha vinagrete de framboesa com pimenta biquinho no pão de beterraba. Olha que nem consegui provar o bowl de costela desfiada na cerveja com pães. E os doces? Melhor nem falar. Já estou com abstinência. O cardápio muda constantemente – o que só me faz admirar mais ainda o lugar.

Homemade é melhor

Você está achando que acabou? Tem mais, tudo ali é feito na própria casa, com um cuidado e qualidade para deixar qualquer um de quatro. O menu é reduzido, com opções escolhidas à dedo. Muitos pontos também pela iniciativa de participar da segunda-feira sem carne oferecendo opção vegetariana de hambúrguer. Aliás, babem com a descrição: hambúrguer de lentilha e berinjela, saladinha de pupunha pesto e rúcula no pão integral. Isso que chamo de vegetariano rock and roll, baby!

Mais uma dose

A carta de drink é sugestiva, cheias de nomes criativos, “Little Peter”, “Pornstar”. Eu fiquei feliz de ter provado a sugestão do garçom, o Evita. Ele disse que tinha entrado para carta naquela noite. Sorte minha: amaretto, suco de laranja, jack daniels e xarope de jalapeño e fernet, com uma florzinha para ficar delicado. Aliás, não esquece de provar umas das cervejas da casa ou uma das marcas selecionadas com competência.

Não sei se esqueci de falar de algo, mas o Caverna é perfeito do jeito dele, com “C” maiúsculo. Espero que ele não perca essa essência única no sucesso que, com certeza, só aumentará.

Prepare-se: pode ter fila na porta (eu não peguei, mas já ouvi dizer que costuma lotar)
Ponto alto: A decor, o atendimento, o hambúrguer da semana e o drink Evita
Ponto baixo: achei a música alta demais na parte de dentro da casa. Podia estar um pouco mais baixa, mas só um pouco, porque a gente gosta de conversar. 😉

Caverna

Endereço: Rua Assis Bueno 26, Botafogo
Tel: 21 3507 5600
E-mail: caverna@espacocaverna.com.br
Horário: Segunda das 18h à 00h.
Terça-Quinta das 18h à 01h.
Sexta 18h às 02h.
Sábado 19h às 02h
Aceita: cartão Visa e Master (e talvez algum outro que não lembro)

Importante! Não é permitido a entrada de crianças no local. Nas palavras da Helena (que deixou um comentário aqui), nem as grandinhas. Então, reserve a noite para uma noite sem crianças.

9 comentários

  1. Não tinha lido esse ainda. Que delícia de texto! E fiquei morrendo de vontade de ir ao Caverna. Quando abriu, bateu aquela curiosidade, mas eu acabei deixando para lá. Agora quero ir hoje! hahaha Beijo, Rapha.

    1. Raphinadas disse:

      Vivi,
      O Caverna é um lugar muito querido. Eu gosto de ir cedo antes da animação para comer um super hambúrguer e ficar lá bastante tempo.
      Vai lá e me conta! 😉
      Beijos,
      Rapha

  2. Helena disse:

    Só acrescentar: eles não aceitam crianças (nem as grandinhas!), nem acompanhado dos pais… Tentamos ir com o Pedro, era antes das 20h e estava relativamente vazio, clima tranquilo, dava pra ver de fora…

    1. Helena,
      Que chato. Mas é bom saber. Vou acrescentar no post.
      obrigada e bjs,
      Rapha

  3. Bruno Moreira-Leite disse:

    Precisamos marcar uma ida quando for ao Rio… o local me pareceu promissor! Bjos.

  4. Quero muito conhecer! Me ganhou só em falar do hamburguer e dos drinks! 🙂

    1. Rodrigo,
      É uma loucura!
      rs

  5. cesar disse:

    Sem duvida melhor bar da zona sul.

    1. Cesar,
      Estou concordando profundamente com você! 😉
      abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *