Bizarro e Sagrado: atrações únicas em Tokyo

  • Só em Tokyo é possível juntar atrações como essas!
    Só em Tokyo é possível juntar atrações como essas!
  • Que sorte sua será esbarrar em um casamento no parque Yoyogi!
    Que sorte sua será esbarrar em um casamento no parque Yoyogi!
  • Casamento em Omotensando
    Casamento em Omotensando
  • "Grande onda fora de Kanagawa" de Katsushika Hokusai no Museu Ukiyo-e
    "Grande onda fora de Kanagawa" de Katsushika Hokusai no Museu Ukiyo-e
  • Otorii – Portal no caminho para o Meiji Jingu
    Otorii – Portal no caminho para o Meiji Jingu
Esses programas são possíveis de serem feitos a pé em uma tarde que, certamente, será bem divertida!
Quando fui esbarrei em dois casamentos. Achei que seria um bom auspício. Sinal de que Tokyo estava nos dando boas-vinda. Se você estiver pensando em ir para esse país tão distante saiba que suas esquisitices são mais familiares do que imagina. Afinal, somos todos apenas humanos e, vamos falar a verdade, somos maravilhosos.

Harajuku

É um bairro onde circulam jovens vestidos como personagens de animê (para vê-los, o mais certo é ir no Domingo). Nas ruas estreitas perto da estação ficam as lojas onde eles compram as roupas doidas que usam e outras coisas interessantes. Atrás da estação também está o parque Yoyogi, onde fica o Templo Meji (Meji Jingu), cujo caminho é marcado por portais típicos gigantes (Tori). No templo ocorrem muitos casamentos xintoístas tradicionais, ele é diferente e único. Você sai da agitação completa de Harajuku e cai no meio de um parque, verde e calmo, com um templo minimalista e delicado. Incrível!

Para chegar: estação Harajuku (JR line) ou estação MeijiJinguMae (Chiyoda Line – metrô)
Dia: Domingo (para ver o povo fantasiado)
Sorte: passar por um casamento no parque Yoyogi ou ter tempo para ver as suas lanternas desenhadas a mão.

Omotesando

Perto da saída da estação MejiJinguMae e da saída do parque Yoyogi fica o museu do Ukiyo-e. Ele tem desenhos típicos da era Edo. Ele é pequeno e as gravuras são bem marcantes da cultura japonesa. Omotesando é o lugar das compras caras. A rua principal é repleta de endereços cobiçados, mas no meio do bairro há uma loja chamada “oriental bazaar”, onde é possível comprar lembranças de diversos tipos.

Para chegar: estação MeijiJinguMae (Chiyoda Line) ou estação Omotesando (Chiyoda, Hanzomon ou Ginza Line)
Dia: junto com a visita a Harajuku
Compras: elouquecer com objetos da Oriental Bazaar
Sorte: passear no Museu do Ukiyo-e. Só não esqueça de ver se eles estarão abertos, cliquando aqui.

3 comentários

    1. Raphinadas disse:

      Obrigada, Stuart! 😉

    2. Raphinadas disse:

      Oi Stuart,
      Que bom que gostou! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *