7 Lugares para Passar um Natal dos Sonhos

  • Bled, na Eslovênia (foto a partir de etravelblog)
  • Londres sempre na lista e no coração
  • Trømso, Noruega (foto a partir de ViajeAqui)
  • Rothenburg ob der Tauber, Alemanha
  • Zurique, Suíça
  • Charleston, Carolina do Sul, EUA (foto a partir de Belmond Charleston Place Hotel)
  • Quebec - Canadá

Você é do tipo que viaja no Natal? Eu não, mas isso não me impede de ficar pensando como deve ser estar em outros cantos do mundo nesta época. Adoraria sair de férias com pessoas queridas, claro, e passar o Natal em um lugar bem diferente (por diferente entendam frio).

Enquanto isso não acontece, aqui vai uma lista de lugares que conheci ou que quero conhecer durante o Natal.

1) Bled – é uma cidadezinha linda no meio da Eslovênia. Ela tem um lago, com uma ilhota no meio com uma igreja e um castelo no alto de uma colina. É só isso, mas acredite é demais. Eu passei três dias lindos lá na primavera. Quem mora lá me garantiu que a cidade é amor no inverno, a paisagem fica toda branca, e os alpes no fundo, ás vezes o lago congela e o povo fica patinando. Aí, Senhor…

2) Londres – estou numa campanha para passar um natal em Londres já faz 3 anos. Mas tem que ser com a família, cozinhando e fazendo receitas da Nigella. Imagina? Londres fica toda iluminada para o natal, o que já deve ser lindo. Ainda temos todos aqueles mercados, e museus, e lojas de chá, e restaurantes… Eu não preciso de mais nada.

3) Trømso – a Noruega parece um emaranhado de ilhas, certo? Trømso é uma delas. O que acho mais maravilhoso sobre a possibilidade de passar o natal lá é ver a aurora boreal no seu melhor momento, o inverno. Trømso, por suas facilidades – infraestrutura e “fácil acesso” –, também é o melhor destino para fazer isso. Você pode ficar um tempo ali, comemorar o natal, curtir a friaca e, enquanto isso, ir aguardando o melhor momento para curtir a aurora boreal. Além disso, poderá dizer que passou o natal no Polo Norte, andando de trenó de cachorros (não sei se ficaria com dó deles, mas…), de teleférico e fazendo coisas natalinas na terra do senhor Noel.

obs.: um post interessante do blog a Última Parada para você mais sobre o lugar.

4) Rothenburg ob ther Tauber – essa é pequena cidade certamente é a que mais tem vocação para o Natal. Um exemplo é a sua loja mais clássica Käthe Wohlfahrt, simplesmente a meca dos enfeites decorativos de natal. Eles vendem o ano todo. Agora, junte isso a uma arquitetura com as tradicionais casas em enxaimel, uma estação nevada e pronto! Não é o suprassumo do clichê natalino? O meu sonho seria passar um natal lá, perambulando pelo mercado natalino (Reiterlesmarkt), subindo nas muralhas da cidade e me entupindo de Glühwein (o quentão deles, que o os ingleses chamam de mulled wine), pães, salsichas e até provaria mais um pouco daquela bola sem graça, o schneebälle.

5) Zurique – a Suíça não parece um destino espetacular para passar o Natal? Imagine a noite de 24 de dezembro, regada a chocolate quente (heissi schoggi) e raclette (momento carinho na barriga). Esse destino alpino ainda é abençoado com um excesso de iluminação natalina e com suas tradicionais bolas de cristais iluminadas. Deve ser uma graça.

obs.: esse tour pela cidade antiga parece bem interessante (em inglês).

6) Charleston – já que estamos no tema clichê, por quê não abraçar o clima? Que tal um natal nos Estados Unidos, só que na cidade de Charleston, na Carolina do Sul? Foram muitos anos assistindo “… E o Vento Levou”, entende? Então, essa é uma escolha sentimental. Mas posso garantir que a arquitetura da cidade é algo de alucinar, com todos aqueles casarões históricos. O seu lado guloso também pode falar alto quando pensando em todas aquelas comidas americanas, mas com sotaque do sul. As tortas de pecã, no eggnog calibrado com Bourbon…

7) Quebec – penso na cidade de Quebec pelo clima, pela curiosidade que tenho com a língua francesa que é falada lá, mas principalmente pela beleza da cidade antiga, murada, com suas ruas estreitas e casas de pedra. Além disso, ajuda a quase certeza de encontrar tudo coberto por neve e, mais uma vez, a garantia de muita comilança, neste caso com o tema: maple syrup. “Je me souviens” (“eu me lembro”), eles diriam, repetindo o lema da região. E eu completo: je besoin (eu preciso).

Você gostou da lista? Eu adoraria saber sua opinião. Você pode deixá-la aqui nos comentários ou mandar um twitter para @RaphinadasBlog.

7 comentários

  1. Ayleen Nazario disse:

    Me encanta!

  2. Luciana disse:

    Faltou o Natal na Disney! Imagina passar o Natal no Castelo da Cinderela, junto com as princesas? Ou em Hogwarts?

    1. Raphinadas disse:

      Lu,
      Disney não é minha praia, talvez para se acabar naquelas montanhas russas, certo?

  3. Agnes disse:

    para quem assistiu Esqueceram de Mim 2 anos e anos seguidos, é impossível não acrescentar NY na lista hahaha. 🙂

    1. Raphinadas disse:

      Agnes,
      Você sabe que eu fiquei pensando se deveria ou não incluir ou não NYC. Mas concordo muito! rs

  4. Barbara disse:

    Rapha, Natal em Londres é demais! E todos os produtos e comidinhas natalinas – sazonais! Vale muito a pena… Dou a maior força, bjks

    1. Raphinadas disse:

      Barbara,
      Sabia que você concordaria! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *